Após as três primeiras clássicas dessa temporada há um consenso no mundo ciclístico: A Quick Step está ditando as regras. E ela dita as regras com vitórias. Zdnek Stybar na Omloop, Bob Jungels em Kuurne e Florian Senechal na Le Samyn.

A Equipe Belga não inventou essa forma de correr, mas faz isso com maestria. Não só colocam as cartas na mesa, mas sempre possuem as mais fortes nas mãos.

E isso não é tão simples de colocar em prática. Um belo plantel não necessariamente te trará os melhores resultados. Por exemplo: A Dimension Data contratou o campeão do ano passado na Omllop Het Nieuwsblad, Michael Valgren, com suporte de Boasson Hagen; A Lotto Soudal então tinha Tiesj Benoot, Wellens; A Trek então com Stuyven, Mads Pedersen e Edward Theuns. São somente exemplos da Omloop com boas contratações, excelentes gregários e classicistas natos.

Talvez a cereja do bolo da QuickStep seja realmente o apelido que virou marca: Wolfpack. A marca que remete a matilha de lobos, e começou com algo descontraído, hoje é a essência da equipe. Os lobos mais velhos protegem e ensinam os mais novos, e os lobos mais fortes trabalham para que a matilha triunfe.

Bob Jungels na Kuurne foi amplamente amparado por Yves Lampaert, que cobriu até os últimos quilômetros os ataques. O posicionamento da matilha é sempre alternando entre a segunda e quarta roda, o que quebra o revezamento efetivo do pelotão.

Na Le Samyn o lobo mais velho Tim De Clercq jogou suas forças no ultimo quilometro, se arriscando sabendo que Senechal (quem venceu) e Pieter Serry poderiam também atacar.

Naquele velho cliché o ciclismo não é individual, não é feito somente com força bruta, e precisa ser pensado. O diretor da “matilha”, Wilfried Peeters, não necessariamente tem os melhores lobos, mas tem os mais unidos.

O compartamento individual que recai sobre o ombro de muitos em outras equipes como a CCC de Greg Van Avermaet, é pouco sentido entre a Deceuninck. Claro que figurões como Peter Sagan, que consegue desbancar um pelotão, ainda não deram as caras, mas pode ficar ainda melhor com ele.

Teremos mais uma prévia agora na Strade Bianche sábado e o certo mesmo é que a matilha vai a caça!

Anúncios